Contatos: Tel: 11 3287 2666
Thermotest TC 260 II
Thermotest TC 260 IIPainel de uma das posições do Thermotest TC 260 II

Thermotest TC 260 II

Pode executar testes de solidez à passagem ao ferro e ao calor, sublimação de corantes, ponto de fusão e/ou amolecimento de fibras, transferência, etc.

Descrição do produto

       Durante os processos de acabamento ou tingimento o corante, dependendo do tipo de fibra e ligamento do tecido, atinge temperaturas de 100ºC a 220ºC. Muitos corantes não suportam tais temperaturas e sofrem alterações e mudanças na cor quando submetidos a este calor. Isso ocorre principalmente com corantes dispersos, fazendo com que este se deposite em outras partes do tecido produzindo manchas ou se sedimentando nas máquinas em que o processo está sendo feito.

       Quando calandrados à quente ou mesmo quando passados à ferro, é de interesse determinar o grau de degradação permitido para cada tipo de corante. Com o Thermotest TC 260 II pode ser executado testes de solidez ao calor, termofixação da passagem a ferro e a resistência de corantes em fios, fibras e tecidos. Pode ser determinado também o ponto de amolecimento de alguns materiais sintéticos, a estabilidade, o amarelamento em tecidos sob a ação do calor e testes para análise da resistência à sublimação e branqueadores ópticos, o ponto de fusão de fibras têxteis, dentre outros.

Operação:

       O corpo de prova é posicionado entre dois tecidos testemunha não tingidos e colocado entre as placas pré-aquecidas do Thermotest pelo tempo determinado na norma utilizada.

  Thermotest TC 260 II     O Thermotest é dotado de um sistema que se ajusta com a espessura da amostra, podendo utilizar amostras com espessura de até 10 mm. A temperatura ajustada é mantida constante independentemente da espessura das amostras a serem testadas.

       Após a realização do teste, a verificação de eventuais transferências e a degradação da cor do material sob ensaio é avaliada visualmente com o auxílio de Escalas cinza, sob luz padronizada.

       É possível realizar a programação de temperaturas diferentes para cada uma das posições de teste.

Características:

– Alimentação: 220V – 60Hz

– Consumo total: 1.065 W

– Consumo por ponto de teste: 350 W

– Potência total: 1550 W

– Potência por ponto de teste: 250 W

– Dimensões: 520 mm x 350 mm

– Peso: 20 Kg

Outras características:

– Número de pontos de teste: 2 ou 3

– Posições independentes: caso haja algum problema em uma delas, as outras continuarão funcionando perfeitamente

– Temperatura máxima: 300ºC (por curtos períodos)

– Temperatura máxima: 260ºC (constante)

– Dimensões da placa: Largura: 60 mm – Profundidade: 120 mm

– Dimensões das amostras: Largura: 40 mm – Profundidade: 100 mm

Acessórios e insumos (obs. Nem todos os itens citados neste tópico acompanham o aparelho. Consulte-nos para mais informações):

– Fitas térmicas TC 266

– Escala Cinza ISO A02 degradação da cor TC 258-A

– Escala Cinza ISO A03 transferência de cor TC 259-A

– Escala cinza AATCC EP 1 degradação da cor TC 258-B

– Escala cinza AATCC EP 2 transferência de cor TC 259-B

– Tecido Testemunha para teste de fricção ISO

– Tecido testemunha para teste de fricção AATCC

– Tecido multifibra MFF #42 ISO TC 274 E

– Tecido multifibra MFF #10 AATCC TC 274 B

– Feltro de lã NBR 10188

Atende às normas:

Norma:

Título

AATCC 133 Colorfastness to Heat:  Hot Pressing
AATCC TM 92 Chlorine, Retained, Tensile Loss:  Single Sample Method
DIN 5406 Rolling bearings – Lockwashers; Safety plate, Lockclip
DIN 54022 Testing Of Colour Fastness Of Textiles; Determination Of Colour Fastness Of Dyeings And Prints To Hot Pressing
ISO 105 X11 Textiles – Tests for colour fastness – Part X11: Colour fastness to hot pressing
ISO 105 P01 Textiles – Tests for colour fastness – Part P01: Colour fastness to dry heat (excluding pressing).
JIS L0879 Test methods for colour fastness to dry heat
NBR 10188 Materiais têxteis – Determinação da solidez de cor à ação do ferro de passar a quente – Método de ensaio
NBR 12958 Confecções de tecidos de malha – Determinação de torção – Método de ensaio
TM 114 Chlorine, Retained, Tensile Loss: Multiple Sample
TM 117  Colorfastness to Heat: Dry (Excluding Pressing)
TM 133 Colorfastness to Heat: Hot Pressing

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Thermotest TC 260 II”